Comunicados

COMUNICADO

DN10/2011 de 22 de Novembro

A situação económica do país tem vindo sucessivamente a degradar-se, quer devido a uma conjuntura de crise internacional, quer devido à incompetência demonstrada pelos nossos governantes na gestão interna do país. As principais vítimas dessa má gestão têm sido os trabalhadores em geral e em especial aqueles que desempenham funções públicas.
Há precisamente um ano, a indignação de todos os trabalhadores foi demonstrada sob a forma de uma “greve geral”.
Com a troca de Governo ainda se pensou que algo poderia mudar, nomeadamente que, de uma vez por todas, haveria vontade de “repensar” as Parcerias Público Privadas ou “reorganizar” todo o Sector Empresarial do Estado. Mas não foi isso que aconteceu. Tem sido mais fácil para todos os Governos adoptar “políticas persecutórias” aos rendimentos do trabalho do que impor regras ao poder económico.
Os trabalhadores da Administração Pública continuam a ser o alvo preferencial de reduções salariais, que mais não são do que um saque aos seus rendimentos contribuindo, cada vez mais, para que, literalmente, milhares de famílias sejam empurradas para a insolvência pessoal.
A injustiça das medidas apresentadas levará mais uma vez os trabalhadores a manifestarem-se numa greve Geral agendada para o próximo dia 24 de Novembro.
A Direcção Nacional da ASFIC/PJ revê-se nos pressupostos desta greve e está solidária com todos quantos pretendam fazê-la.
Assim, informam-se todos os associados que queiram aderir a esta forma de luta, de que poderão faze-lo, devidamente legitimados pelos pré-avisos de greve apresentados pelas Centrais sindicais.

A Direcção Nacional da ASFIC/PJ
 

 

logo asfic/pj