Membro fundador do Conselho Europeu dos Sindicatos de Polícia

Ricardo Valadas, Presidente da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal da Polícia Judiciária.

Correio da Manhã, 10 de setembro de 2017

O valor capital da PJ

Investir na PJ é investir no bem-estar do país e dos cidadãos.

Durante esta semana, a Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da PJ deteve 1 médico e 3 delegados de informação médica por Burlas ao Serviço Nacional de Saúde - SNS.

A UNCC/PJ indica que entre os anos de 2011 e 2017, o valor estimado de Burlas ao SNS foi de 300 milhões de euros. Valor que poderia ter sido maior, não fosse a intervenção da PJ no combate a este tipo de crime. Muito para além de uma mera Polícia, a PJ assume-se cada vez mais como uma Valor Capital para o nosso País, sendo um recurso da Justiça Penal mas também da Justiça Social e Fiscal.

Investir no orçamento da PJ, é investir na prevenção, deteção e investigação de crimes que lesam em muitos milhões, o esforço diário do País e dos nossos Cidadãos, já para não falar de questões como a ameaça do Terrorista Transnacional.

No entanto, no sentido de ir mais além e de assumir a cabal proficiência na persecução da sua missão, a PJ precisa de meios humanos de forma urgente, ou seja, de novos Inspetores nas suas fileiras.

Contamos com a visão estratégica do Governo e da Assembleia da Republica para investir na PJ, pois ao fazê-lo, estará a investir no bem-estar do País e dos seus Concidadãos.

 

logo asfic/pj