Membro fundador do Conselho Europeu dos Sindicatos de Polícia

02 de dezembro de 2018

O resultado da aprovação do Orçamento de Estado para 2019 é demonstrativo, mais uma vez, da inação do Governo face às propostas apresentadas pela ASFIC-PJ, nomeadamente, no que diz respeito às necessárias e devidas alterações à Lei Orgânica da Polícia Judiciária (LOPJ) e ao regime Estatutário dos seus funcionários.

Os constantes adiamentos e ausências de respostas concretas e necessárias por parte do Governo, desconsideram as pessoas da Polícia Judiciária e o país.

Apresentámos problemas, mas demos as soluções; Negociámos em dezenas de reuniões e no limite dos nossos poderes e capacidades, com seriedade e elevado espirito de Estado;

Apresentámos alternativas às dificuldades financeiras que o país atravessa;

Sempre cumprimos e dignificámos os princípios que a PJ defende e protege.

Sempre honrámos a nossa palavra. Apenas falhou uma coisa: o Governo até agora não honrou com a sua.

A ASFIC-PJ tudo fez e tudo fará para expor e denunciar o que na realidade reside por detrás da intenção de colapsar a Polícia Judiciária.

Temos essencialmente um dever para com a nossa classe profissional mas também para com o País e para com quem nele vive.

Será por nós e por todos os portugueses que iremos até onde for necessário.

 

logo asfic/pj