Comunicação Social

Ricardo Valadas, Presidente da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal da Polícia Judiciária.

Correio da Manhã, 28 de maio de 2017

O Governo foi mal assessorado e criou um sistema que já existia.

Durante esta semana, foi criado mais um departamento governamental, debaixo do controlo da Secretária-Geral do Sistema de Segurança Interna – PUC/Ponto Único de Contacto – para gáudio dos que querem um sistema judicial controlado e um Estado cada vez mais policial e de índole securitária. Este departamento servirá supostamente para partilhar a informação criminal, dos sistemas EUROPOL e INTERPOL (entre outros), informação que diz respeito, na grande maioria, à investigação criminal, especialmente aos crimes investigados pela PJ.

O Governo foi mal assessorado, criou um sistema que já existia e que era totalmente independente do poder executivo. Este Ponto Único de Contacto (PUC) projeta-se como um «balcão único», em conformidade com as «Orientações para a criação de um ponto único de contacto para o intercâmbio internacional de informação entre serviços de polícia».

Resta informar que a PJ possui um instrumento histórico cuja função é exatamente a mesma.

A orgânica deste "balcão" ainda não saiu. Esperamos sempre o melhor, mas dentro de exatamente um ano, cá estaremos para fazer o "balanço" deste sistema e para avaliar as consequências que o mesmo teve nas investigações da PJ.
 
logo asfic/pj