Comunicação Social

Ricardo Valadas, Presidente da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal da Polícia Judiciária.

Correio da Manhã, 27 de agosto de 2017

É este o momento para reforçar um orçamento há muito tempo exíguo.

A atual Ministra da Justiça, a Dr.ª Van Dunem, Magistrada do Ministério Público (MP) desde 1979, será talvez das personalidades na área da Justiça que mais experiência possui no que se entende ser a Justiça em Portugal e a relação entre o MP e a PJ.

No que concerne à estratégia para uma PJ de futuro, a ASFIC/PJ sabe e reconhece o seu empenho, trabalho, competência e visão.

Esta visão e este esforço da Sr.ª Ministra, com uma condição de confiança ímpar por parte dos investigadores criminais da PJ, terão inevitavelmente que ser acompanhados pelo suporte de todo o Governo e em concreto pelo Ministério das Finanças, para que destacados jovens deste País possam reforçar as fileiras da PJ e receber de forma atempada e serena a experiência adquirida, mantendo a capacidade operacional da PJ.

Com o anúncio do ministro das Finanças, da melhoria em 1153 milhões de euros do défice orçamental nos primeiros sete meses deste ano, consideramos que terá que ser este o momento para reforçar um orçamento há muito tempo exíguo, apoiar o projeto do Ministério da Justiça e assim projetar definitivamente uma das mais emblemáticas instituições do nosso País: a Polícia Judiciária.

 

 

logo asfic/pj