Comunicação Social

Ricardo Valadas, Presidente da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal da Polícia Judiciária.

Correio da Manhã, 04 de março de 2018

No limite, estes polícias dão a vida para proteger os seus concidadãos.

 

‘Inspectores da Judiciária’

“O problema do dr.Pinto Monteiro e desse pequeno mundo é que nem sempre podem adaptar a realidade à leitura que fazem dela porque há ‘inspectores da Judiciária’, e provavelmente outra gente menor, na sua visão, que teima em fazer o seu trabalho, que é o de cumprir as leis da República e a Constituição.

Aliás, são esses ‘inspectores da Judiciária’, figura metaforizada para outra gente menor, na visão do antigo procurador-geral, como juízes de primeira instância e procuradores da República, os soldados rasos da República que, felizmente, insistem em desobedecer a essa elite visionária que conduziu o País para o sistema de poder do dr.Salgado e do engenheiro Sócrates, para o poderzinho dos gestores tecnocratas que afundaram a PT, para o poder dos amigalhaços de todos eles, espalhados por alguns gabinetes esconsos de certo tipo de meandros judiciais (...) Portanto, deviam era levantar-se de vergonha todos aqueles que põem ao peito esse emblema de investigações nunca promovidas, neutralizadas ou feitas.”

logo asfic/pj