Membro fundador do Conselho Europeu dos Sindicatos de Polícia

09 de junho de 2019

Construir é o único modo e a única forma de elevar as organizações e de fazer a sociedade avançar.

Fazer algo de forma perfeita é e será sempre impossível, mas fazer algo com o melhor que temos e que sabemos é sempre viável e tem sempre por detrás o trabalho de alguém, as horas, o cansaço e o esforço.

Pressupõe sempre um risco, nem sempre os resultados são os esperados e nem sempre os interlocutores estão preparados para a mudança. No entanto o respeito pelos que ousam fazer, será sempre algo que orientou a atuação desta Direção da ASFIC. Esse mesmo respeito não é sequer comparável com os que protegidos pela inatividade, se dedicam apenas a reagir perante o que está feito e a destruir o esforço de tantos.

Paul Valéry descreve-o de forma exímia. “A horrível facilidade de destruir”.

O Governo sabe que tem em mãos a sobrevivência da Polícia Judiciária.

O trabalho de quatro anos está concluído. Tudo foi feito.

Só nos resta reagir, perante o que será o resultado final do Governo face às nossas necessidades.

Fazer e avançar sempre será muito difícil. Será de facto muito mais simples manter tudo na mesma. Mais 20 anos.

Será sempre muito mais simples destruir tudo o que algum dia, alguns ousaram sonhar.

 

logo asfic/pj