Membro fundador do Conselho Europeu dos Sindicatos de Polícia

07 de julho de 2019

Já todos saberemos - resultado do trabalho apresentado - da importância da PJ para a Justiça e para a Sociedade de Direito Democrático, mesmo estando altamente debilitada, em quase todas as suas estruturas.

Devemos perguntar porque é que 94% dos processos de corrupção são arquivados em Portugal!

Com exceção dos privilegiados, todos nós temos vindo a suportar custos avassaladores, custos esses que nos roubam a independência como pessoas, mas também como País, impedindo uma visão de futuro e a esperança merecida. Congratulamo-nos com as palavras do Sr. Presidente da República, a defender a capacitação da Polícia Judiciária.

Não será óbvio para todos, que devemos investir em algo que nos dê retorno?

Convidamos os cidadãos a fazer contas à recuperação de fundos que a PJ concretiza anualmente (para não referir os que evita que vão parar a parte incerta) comparando com o seu orçamento.

Infelizmente as pessoas que compõem esta estrutura crítica, estão esgotadas e também já estão esgotadas de esperar por uma proposta de carreira condigna...

Será fácil fazer também um exercício com vista a identificar os responsáveis pelo colapso da PJ e da Justiça, ou seja, pelo colapso da luta contra a criminalidade que tudo nos retira.

Até a esperança.

 

logo asfic/pj