Avaliar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
A melhor é a avaliação a 360 graus. Tudo se sabe e tudo se vê.

Avaliar significa verificar, averiguar, comparar. Corresponde a uma apreciação, um juízo, uma estimação que é feita sobre algo ou alguém. Uma valoração com o pressuposto de ser justa e ajustada aos fatores de referência que temos, previamente estabelecidos. Sejam estes parâmetros de medida fixados ou meros exemplos de comparação.

Numa perspetiva mais ampla do termo, avaliar corresponde igualmente a uma análise sobre o desenvolvimento e progresso da prestação de alguém, como acontece com os alunos ou trabalhadores.

Conciliando todos estes princípios, resultam pelo menos três condições essenciais para uma correta avaliação: ser justa, um estímulo para o desenvolvimento e ter termos de comparação.

Sim, comparação, pese embora possa ser o fator de ponderação mais discutível, é essencial para a consagração da justa avaliação, ou cálculo, pois, a mero jeito de exemplo, quem é baixo só sabe e aceita sê-lo se souber e olhar para quem é (verdadeiramente) mais alto.

A melhor avaliação é, pois, a avaliação a 360 graus. Tudo se sabe e tudo se vê. Nada se esconde. Criteriosa e exequível. Só assim é transparente, imparcial e igual. E, assim e só assim, mobilizadora.